Resultados da Mobilização Municipalista

Registrado como o maior movimento municipalista do país, a AMM (Associação Mineira dos Municípios)  reuniu em Belo Horizonte, na última terça-feira (21/08), mais de 500 prefeitos, vereadores e funcionários públicos  de todo o estado, em manifesto contra a falta dos repasses constitucionais (ICMS, IPVA, FUNDEB, Transporte escolar  e recursos para a Saúde)  por parte do governo do estado. A dívida que se arrasta há quase um ano já alcança a cifra de R$ 8, 1 bilhões de reais, criando sérias dificuldades  às administrações municipais para a manutenção dos serviços ,  pagamento dos professores, transporte  escolar, fornecimento de remédios,etc.

Em reunião com a diretoria da AMM, o governador Fernando Pimentel, afirmou que sancionou a Lei de Securitização da Dívida, aprovada no início do mês pela Assembléia Legislativa, que proporcionará a arrecadação de cerca de 2 bilhões de reais . Deste valor, 70% será destinado aos municípios em até 60 dias, o que soma aproximadamente R$ 1,4 bi, a princípio direcionado ao Fundeb,  o que aliviará momentaneamente o compromisso dos municípios para o pagamento de salários dos professores.  O governador comprometeu-se  ainda a não mais atrasar os repasses, e que a partir de agora, os mesmos serão feitos com regularidade. O prefeito Nêgo Sampaio, Diretor Regional da entidade, esteve presente no evento e tem sido um dos mais atuantes no movimento, que ora já começa a apresentar os resultados positivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *